As melhores vinícolas no Chile, para incluir no seu roteiro de viagem

O Chile já é um consolidado destino para turismo por possuir uma lista infindável de belas paisagens completamente diferentes entre si: Deserto, cordilheiras, praias e lagos, cidade grande com muita história e arquitetura, além do facilitador de estar ao lado do Brasil e economicamente ser uma viagem mais barata do que Europa ou EUA. Para os apaixonados por vinho, o Chile tem um outro grande atrativo: seus excelentes vinhos, o que cada dia tem feito do país um super destino para o enoturismo, e foi exatamente isso que nos levou até la. Estivemos no país e fiz um roteiro bacana para amantes de vinho e coloquei nesse post uma sugestão das melhores vinícolas no Chile pra você incluir na sua próxima viagem e voltar apaixonado como nós voltamos.

Chile e seus vinhos

Já faz algum tempo que o Chile está entre os melhores produtores de vinho do novo mundo. A região com sua geografia particular e suas cordilheiras, tem um excelente clima e solo propício para o desenvolvimento de algumas uvas, como a Carmenére que se tornou a uva emblemática do país e tem sido palco de excelentes rótulos. A produção de vinho Chileno já chega a um milhão de litros por ano e o país está entre os cinco grandes produtores mundiais de vinhos. Todas essas razões tem levado os apaixonados pela bebida a visitar o país com o principal objetivo do Enoturismo. Exatamente como nós, que fomos  ao Chile interessados em visitar as suas paisagens e geografia especial, mas reservamos alguns dias para conhecer as regiões produtoras de vinhos e seus rótulos.

O resultado dessa viagem foi que voltamos apaixonados, já querendo visitar novamente o país mas da próxima vez vamos fazer um programa diferente e nos hospedar em algumas dessas vinícolas incríveis, para ter uma experiência diferente.

Chile e suas regiões produtoras

O Chile tem uma extensa lista de vinícolas espalhadas pelo país em várias regiões com topografia e características bem diferentes entre si. Dentre elas, poderíamos citar os Valles do Maipo, Colchágua , Casablanca e Aconcágua como parte dos principais.

São muitas vinícolas espalhadas e o que deve definir seu roteiro é o seu tempo disponível para esse programa, mas para facilitar fiz uma lista com aquelas que considero as melhores vinícolas no Chile, aquelas imperdíveis e que não podem faltar na sua viagem.

As melhores vinícolas no chile: quatro imperdíveis.

Meu primeiro comentário é: o Chile tem vinícolas incríveis e propriedades em lindas regiões com rótulos super bem pontuados, não se limite a ficar naquele tradicional pacote vendido a turistas da famosa vinícola perto da cidade, com aquele rótulo que durante muito tempo era “O vinho chileno” (por falta de conhecimento e opção). Absolutamente nada contra fazer essa visita, mas se eu só tivesse um dia para as visitas e degustações, certamente ela não estaria entre as minhas escolhas.

Nos arredores de Santiago: Cousiño Macul

Se você quer visitar uma vinícola nos arredores de Santiago, escolha essa! Ela está praticamente dentro da da cidade, é possível chegar de metrô, a propriedade é linda, histórica com ótimos rótulos e você ainda pode ter uma super experiência de pedalar nos vinhedos com a cordilheira como pano de fundo.

Melhores vinícolas no chile: Coursino Macul

A Cousino Macul é uma vinícola histórica, bonita tendo como pano de fundo a Cordilheira e considerada uma das mais antigas bodegas do Chile. A Vinícola, Fundada em 1865, é a única estabelecida no século XIX que permanece  nas mãos da família fundadora, essa característica torna a visita a propriedade ainda mais atrativa, pois é uma vinícola com tradição, história e uma grande preocupação em perpetuar a qualidade em seus rótulos.

A Cousino Macul é reconhecida pelos seus vinhos de qualidade estando entre eles um dos primeiros vinhos ícones produzidos no chile: O Finis Terrae, outra preciosidade por aqui é o Lota, mas esse não tive o prazer de provar ainda. Uma das peculiaridades da bodega que talvez explique a qualidade mantida ao longo dos anos é que todos os processos da vinícola são realizados na propriedade…  o processo todo está sob o controle deles é uma forma deles perpetuarem seu nome e controlarem todo o processo com maior supervisão.

Sugiro fazer o tour premium que além de incluir os vinhos especiais da casa, ainda oferece uma harmonização deliciosa com queijos especiais.

Uma outra alternativa que a casa oferece e quero fazer na próxima visita ao país é pedalar pelos vinhedos, isso é possível com a empresa La Bicicleta Verde. Mas sugiro um consumo mais moderado de vinho caso opte por esse tour… 

melhores vinícolas do Chile: Cousino Macul

Não esqueça de fazer a reserva antecipada no site da vinicola

Como chegar: Metrô até a estação Quilin e táxi.

Cousino Macul

Av. Quilín 7100, Penalolen, Peñalolén, Región Metropolitana, Chile – Fono: +56 2 2351 4100

Reserva para o tour, clique aqui.

 

Nos arredores de Santiago: Vinícola Almaviva

Já que estamos falando de grande vinhos chilenos, não podemos deixar de fora esse que é um vinho emblemático do país: o Almaviva e sua vinícola. O Almaviva é o vinho chileno mais premiado e certamente é considerado um dos melhores do novo mundo, um vinho franco-chileno elaborado como um grand cru. Por essas razões, se estamos propondo um roteiro com as melhores vinícolas do Chile, a Almaviva não podia ficar de fora da lista.

Melhores vinícolas no Chile: Almaviva

O Almaviva é fruto de uma parceria entre entre o Château Mouton Rothschild, de Bordeaux, com a chilena Concha y Toro, uma das maiores produtoras de vinho da América Latina e foi criado com a ideia de juntar o melhor da França e do Chile na produção de um “grand cru” do novo mundo. Esse é o único vinho do Chile que segue as diretrizes de um château francês, ou seja, produz um único rótulo em seus vinhedos e na vinícola, onde são realizadas todas as etapas da produção. Um vinho do novo mundo de alma européia, com elegância e complexidade, que reúne em uma garrafa o melhor do terroir chileno com as melhores técnicas de elaboração de vinhos francesa.

Melhores vinícolas no Chile: Almaviva

 

A propriedade com 85 hectares possui videiras com 40 anos de idade e produção pequena, o que garante a qualidade das uvas e por consequência, dos vinhos elaborados por elas. O resultado é um blend típico bordeaux: cabernet sauvignon, carmenère e cabernet franc, com uvas de vinhedos aos pés das Crodilheiras, com dias quentes e noites frias o que permite produzir ótimos cabernet sauvignon de corpo e acidez equilibrada. O processo de produção cauteloso desse vinho tem uvas colhidas e selecionadas manualmente e que ainda passam por uma triagem aonde são analisadas digitalmente e somente as perfeitas seguem para a elaboração dos Almaviva.

Depois do cuidado na seleção os vinhos ainda descansam em barricas de carvalho francês de único uso ao som de Mozart por 10 meses e depois em barricas de segundo uso por 6 a 8 meses, para finalmente seguir para os tanques de aço inoxidável para finalizar sua elaboração e ser engarrafado. Todo esse cuidado produz um rótulo com estilo europeu e características do novo mundo e que tem recebido nos últimos tempos pelo menos 90 pontos do Robert Parker ou da Wine Spectator e cuja safra 2015 “só” foi eleito o melhor vinho de 2017, um verdadeiro feito para um vinho do novo mundo.

Por todas essas características, sugiro não deixar de visitar a casa do Almaviva e quem sabe trazer uma garrafa para brindar alguma ocasião especial no Brasil.

Por aqui esse vinho custa caro, mas antes da alta do dólar ainda era um excelente presente viável e inesquecível. Minha experiência com ele fala em perfeição, um vinho especial que merece ser degustado ao menos uma vez na vida e por isso sugiro aproveitar a visita ao país para conhecer essa jóia em seu habitat.

A degustação também é cara, custa em torno de U$ 80 dólares por pessoa, mas vale a experiência.

Almaviva

Endereço: Santa Rosa, 821, Paradero 45, Puente Alto – Maipo – fono: (56) (2) 270-4200

 

Valle do Colchagua

Casa Silva

A Casa Silva é uma das vinícolas mais tradicionais do Chile e temos uma relação muito especial com ela. Pela sua tradição e rótulos, ela era a mais esperada de nossa viagem ao Chile e confesso que atendeu todas as nossas expectativas, tanto nos vinhos como na visita e seu almoço delicioso.

melhores vinícolas no Chile: Casa Silva

A Casa Silva,  uma das mais tradicionais do Chile, existe a mais de 100 anos, embora antes se chamasse Vinã Angustura e produzisse vinhos para outras vinícolas colocarem seus rótulos. Isso começou a mudar em 1997 quando a Família decidiu engarrafar sua história e elaborar vinhos que traduzissem seu amor pelo terroir e um pouco de sua trajetória, assim surgindo os vinhos Casa Silva e Dona Dominga. A mudança foi tão positiva, que a partir do ano de 2000 a Vina Casa Silva passou a receber muitos merecidos prêmios e continua fazendo isso até hoje. A Vinícola tem uma área com 150 hectares de vinhedos, produção em torno de 15 milhões de garrafas e é a mais premiada do Chile no Século XXI, inclusive tendo ganho o prêmio de vinícola do Chile no ano de 2013.

Apesar desses números o clima por aqui é bem intimista e as degustações são pequenas e muito pessoais… diferentes de algumas grandes vinícolas bem comerciais que conhecemos em outros lugares pela América do Sul.

A propriedade, um lindo terreno aos pés das Cordilheiras com um imponente casarão histórico, respira tradição. O lugar rústico, porém ao mesmo tempo sofisticado, reflete a personalidade da família e tem na sua propriedade um hotel boutique, um ótimo restaurante, campo de pólo e uma coleção espetacular de carros antigos.

melhores vinícolas no Chile: Casa Silva

Minha sugestão é fazer o tour e almoçar no restaurante deles com vista para o campo de pólo e as Cordilheiras.

O grande vinho da casa é o Altura, um blend de carmenere,  cabernet sauvignon,  syrah e petit verdot, tão redondo e perfeito que sua alta graduação alcoólica (14,5%) não é percebida. Se você gosta de vinhos com corpo, estrutura e aroma não deixe de trazer essa preciosidade na mala.

melhores vinícolas no Chile: Casa Silva

Também é deles o Dona Dominga, aquele vinho basicão que a gente pode comprar no supermercado Zona Sul e tomar na pizzaria… é aquele vinho com custo x benefício bacana e uma opção boa e descompromissada. O que posso garantir é que qualquer um dos vinhos dessa vinícola é felicidade certa. Somos fãs do Quinta Geração, do Casa Silva e do Altura… felicidade pura essa visita!

melhores vinícolas no Chile: Casa Silva

Como chegar:

Existem algumas opções de tour disponíveis na empresa: Ruta del Vino ou por conta própria com motorista particular contratado pelo dia todo como fizemos já que nosso tempo era curto, nosso motorista foi o Wildo: telefone +56971387063.

Viña Casa Silva

Hijuelas Norte S/N, PO BOX 97, fono: (56 72) 2 716 519, San Fernando, Chile

 

Lapostolle

Depois da nossa visita a Casa Silva, fomos visitar outra super vinícola que também era muito esperada no nosso roteiro pelo Chile: A Vínicola Lapostolle.

Essa sequência foi muito interessante porque evidenciou o contraste existente entre ambas: a Casa Silva é clássica, respira tradição e história. Já a Lapostolle é pura modernidade, uma vinícola de arquitetura e processos contemporâneos que nos impressionou.

Ambas produzem rótulos que são quase uma joia em suas belissimas instalações, porém com histórias e processos muito diferentes entre si…. vale muito visitar ambas!

Melhores vinícolas no Chile: Vinícola Lapostolle

Logo na chegada a propriedade, sua fachada  já demonstra toda a imponência e modernidade que impera no local. A arquitetura que representa uma barrica aberta com 24 hastes (que equivalem aos meses de maturação do seu vinho ícone o Clos Apalta) formam uma linda instalação que se destaca em meio ao verde e as Cordilheiras e impressiona aos visitantes que chegam por aqui.

Melhores vinícolas no Chile: Vinícola Lapostolle

Foto Divulgação

A Lapostolle é uma vinícola de alma francesa, fundada por Alexandra Lapostolle, com a proposta de criar vinhos excepcionais com a junção da experiência em produção de vinhos francesa e o excelente terroir chileno. Esse objetivo foi plenamente atingido com a parceria do famoso Michel Rolland (um dos mais expressivos enólogos da atualidade) e a moderna vinícola franco-chilena conseguiu elaborar ótimos rótulos com qualidade e classe similar aos grandes europeus e em alguns anos ganhou reconhecimento como um dos nomes mais respeitados em vinhos do novo mundo.

Além da preocupação com a qualidade no seus rótulos, a Lapostolle tem duas outras características marcantes: a modernidade nos seus processos e uma produção focada na sustentabilidade.

Durante a visita isso fica evidenciado no design do interior da vinícola, uma linda escada em espiral onde seus processos respeitam a arquitetura vertical e as etapas de produção do vinho são distribuídas pelos seis andares se favorecendo da gravidade, o que dispensa sistema de bombeamento.  Parte desses andares fica no subsolo, o que favorece com sua temperatura o amadurecimento dos vinhos… A vinícola é orgânica e biodinâmica e encanta também pela preocupação com seus processos e a natureza.

Melhores vinícolas no Chile: Vinícola Lapostolle

O seu grande vinho é o Clos Apalta, que tem uma elaboração totalmente diferenciada começando pela sua colheita de uvas realizada durante a madrugada de forma totalmente manual para manter sua temperatura. O rótulo, um blend  das uvas: Cabernet SauvignonMerlot, Carmenère e Petit Verdot,  trata cada uma delas de forma separada e mantém cada uma das partes em barrica francesa de primeiro uso separadamente por um ano e somente depois desse período de guarda, que a alquimia do enólogo começa a ser feita em tanques de aço inox, aonde permanece por mais três anos quando finalmente pode ser liberado para o mercado.

Todo esse cuidado na elaboração do Clos Alpata explica o porque desse vinho ser quase uma preciosidade tão elogiada no mundo do vinho e  que ainda tem estrutura para ser guardado por pelo menos uns 10 anos…. Confesso que Adoro vinhos especiais que nos enebriam com seu aroma e corpo! Esse vinho em 2008 recebeu da Wine Spectator o prêmio de Vinho do Ano com a safra 2005 e ganhou 96 pontos… e o melhor de tudo é que esse grande vinho faz parte da degustação da Vinícola, não é pra sair desse lugar feliz da vida??!

Melhores vinícolas no Chile: Vinícola Lapostolle

Duas dicas imperdíveis: O almoço harmonizado dessa vinícola é EXCEPCIONAL porém precisa de agendamento com bastante antecedência!!!!! Se você ama BONS VINHOS e BOA GASTRONOMIA, não deixe de incluir esse programão no seu roteiro.

Outra coisa maravilhosa é que a Lapostolle tem um super hotel membro do Relais e Chateaux: o Clos Apalta Residence .

Um lugar exclusivo com poucos quartos, serviço fantástico e diárias a preços caros, mas que pelo que li uma daquelas experiências inesquecíveis e perfeitas e vamos combinar que são essas experiências que a gente leva pra sempre na vida.

Vale fazer uma reserva nessa maravilha em alguma ocasião especial e ter uma daqueles momentos que a gente não esquece nunca mais… Confesso que esse programa está na minha lista de desejos.

Para fazer a reserva, clique aqui:

 

Vinícola Lapostolle 

Ruta 90 Caminho San Fernando a Pichilemu Km 36, Cunaquito, Santa Cruz –  fono: +56-72 2953 350

Reservas e Informações, clique aqui:

 

Se você é um apreciador de bons vinhos, sugiro incluir essas quatro vinícolas no seu roteiro de viagem ao Chile, garanto que você vai sair de lá feliz da vida e tendo conhecido as melhores vinícolas no Chile, ou uma boa parte delas.

Salud!

14 Comentários

  1. Luciana - 3 semanas ago

    Ótimas dicas. Não fui a todas mas seu post me deixou com água na boca de vontade de voltar pra Santiago.

    • Paty - 3 semanas ago

      Lu também quero voltar, a viagem foi tão incrível e as vinícolas idem que merece bis. bjs

  2. Alessandra Fratus - 3 semanas ago

    Uau! Excelentes dicas! Post super completo. Já favoritei aqui para usar em uma viagem futura para Santiago. O passeio é sempre interessante quando a gente pode brindar, né?! :)!

    • Paty - 3 semanas ago

      Obrigada querida. Eu amo Santiago e as vinícolas de lá são belissimas. Vale sempre brindar a vida né? bjs

  3. Oscar | www.viajoteca.com - 3 semanas ago

    Excelente post!! O Chile é mesmo um país incrível e seus vinhos dispensam comentários. Dicas anotadas para uma próxima viagem ao Chile por sinal faz tempo que estou para fazer uma viagem enoturísticas para lá.

    • Paty - 3 semanas ago

      Obrigada! Eu amo esse país e seus vinhos maravilhosos. Vale visitar… eu tbm to querendo voltar e conhecer algumas outras. bjs

  4. MARCIO VITAL VALENÇA - 3 semanas ago

    Que post maravilhoso. Já conhecemos diversas regiões de vinícola no mundo e realmente essas são incríveis. Parabéns pela matéria.

    • Paty - 3 semanas ago

      Obrigada querido! O CHile é demais né?! E essas vinicolas um capitulo a parte. bjs

  5. Paula Gabi - 3 semanas ago

    Eiii Paty,

    Adorei o post, não conhecia nenhuma destas vinícolas !! Vou coloca-las na listinha para visitar!
    beijoss

    • Paty - 3 semanas ago

      Ei Paulinha acho que você vai amar! São lindas e tem ótimos vinhos. beijos

  6. Fabio - 3 semanas ago

    Olá Paty! Muito legal o seu post. Quando fomos para Santiago, tivemos uma pequena falha no roteiro (leia-se: planejamento acoxambrado rsrsr) que nos impediu de conhecer uma das vinícolas. Uma pena!

    • Paty - 3 semanas ago

      OI Fábio que pena… mas as vezes não da pra fazer tudo né? Mas é sempre um bom motivo pra voltar.
      beijos 🙂

  7. Gisele Teixeira - 3 semanas ago

    Sou louca pra conhecer o Chile e, com certeza, visitar as famosas vinícolas por lá. Lindas fotos!

    • Paty - 3 semanas ago

      Gisele, vale super a pena pois a região é linda e as vinícolas apaixonantes . 😉

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *